Bolo de Casamento

Para a terceira e última prova da Mausi Sebess o desafio era fazer um bolo de casamento! Não sou fã de pasta americana, tanto que não ofereço no meu catálogo de doces, mas já que era obrigatório, rsrs… Então, depois dessa, admiro ainda mais os cake designers, rsrs… Cobrir um bolo e fazer detalhes em glacê requer muita prática e habilidade, eheh…

Muito interessante, culturalmente falando, que o bolo de casamento para os argentinos leve tantas frutas secas e seja regado com bebida alcoólica!

Se alguém tiver interesse na receita do bolo, da pasta americana ou do glacê é só avisar que atualizo o post com as informações! (Atualizado! As receitas estão no final do post!!!)

Para quem tiver curiosidade sobre as outras provas é só clicar aqui e aqui.

Beijos e até a próxima 🙂

bolo de casamento

2

bolo de casamento

5

6

7

8

9

9a

Plum Cake

Ingredientes:

Frutas cristalizadas – 62 g
Damascos – 90 g
Passas de uvas pretas – 60 g
Passas de uvas brancas – 90 g
Ameixas secas – 90 g
Rum – 60 ml
Raspas de laranja – 20 g
Suco de laranja – 25 ml
Farinha de trigo – 150 g
Noz moscada – 5 g
Canela – 10 g
Cardamomo – 5 g
Cravo da Índia – 5 g
Gengibre em pó – 5 g
Amêndoas – 60 g
Manteiga – 125 g
Açúcar mascavo – 125 g
Ovos – 2 unidades
Leite – 10 ml
Conhaque – 35 ml

Modo de Preparo: 

Bater a manteiga em ponto de pomada com o açúcar mascavo até obter uma textura cremosa. A seguir adicionar os ovos um a um, batendo até que esteja bem incorporado.

Peneirar a farinha com as especiarias e misturar bem. Incorporar as frutas secas maceradas com rum, o suco de limão e as raspas.

Despejar a massa em uma forma untada e enfarinhada. Levar ao forno a 150ºC por aproximadamente 1 hora. Pode-se conservar plum cake em um recipiente hermético, “pulverizando” whisky de tempos em tempos.

 

Pasta Americana 

Ingredientes:

Água –  60 ml
Gelatina sem sabor – 10 g
Glucose – 100 g
Glicerina – 15 g
Açúcar Impalpável – 1 kg

Modo de Preparo:

Hidratar a gelatina com água e levar ao micro-ondas por 10 segundos (ao retirar verificar se não há mais nenhum grânulo). Adicionar a glucose e a glicerina. Verter essa mistura sobre o açúcar impalpável. Unir os ingredientes com o auxílio de uma colher. Despejar sobre a superfície de uma mesa para trabalhar a massa.

Amassar bem até obter uma massa lisa e homogênea. A consistência deve ser firme, mas elástica. Envolver a massa pronta em um saco plástico. Não é necessário refrigerar!

 

Glacê Real

 Ingredientes:

 Açúcar Impalpável – 200 g
Claras – 40 g
Suco de limão ou vinagre de álcool – 10 ml

Modo de Preparo:

Colocar as claras dentro de um recipiente com o açúcar impalpável. Incorporar o suco de limão e misturar bem com uma colher. Verificar se a consistência está como desejada. Se quiser um glacê mais firme incorporar mais açúcar impalpável. Se quiser um glacê mais líquido adicionar mais claras ou suco de limão.

 

Montagem do Bolo de Casamento (sugestão)

 Ingredientes:

Plum cake – 26 cm de diámetro
Plum cake – 16 cm de diâmetro
Doce de leite – 500 g
Flores para enfeitar – o quanto baste
Glacê Real – 500 g

Montagem:

 Passar doce de leite no plum cake maior. Repetir a operação no plum cake menor. Espalhar amido de milho na mesa e abrir a pasta americana. Para cobrir o bolo deve-se colocar a pasta americana e fazer movimento de baixo para cima na “saia” que se formou, retirando todo o ar e alisando. Retirar a pasta excedente. Realizar o mesmo processo no outro bolo. Finalizar decorando com glacê real e as flores.

Curiosidades Sobre os Utensílios Culinários

d80de377b7d43e96dee3428d9803d410

 

 Vivemos cercados de novas tecnologias e nem nos damos conta do quanto evoluíram os utensílios culinários que utilizamos diariamente. Suas origens são milenares e, às vezes, até exóticas.  Modernos ou rústicos, o fato é que no mundo inteiro são imprescindíveis.

Faca

Invenção: Dois milhões de anos, na Etiópia. Criada antes da descoberta do fogo, a faca é o utensílio mais antigo que se tem conhecimento. Eram usadas para a caça, a pesca, como uma arma de defesa e para cortar alimentos que os dentes não podiam cortar. Eram feitas de pedra, depois de bronze e mais tarde de metal.

Garfo

Invenção: Século XI, na Europa. Foi por muito tempo associado ao tridente do diabo e muitos evitavam usá-lo por medo. Após seiscentos anos de sua criação, os italianos descobriram que era mais fácil comer macarrão usando o garfo ao invés das mãos.

Panela

Invenção: Com a descoberta do fogo há 500 mil anos a.C., o homem pré-histórico cozinhou pela primeira vez a sua caça. Cascos de tartarugas e conchas passaram a ser utilizados como recipientes para ir ao fogo. Por volta de 20 mil anos a.C., com o surgimento da cerâmica, as panelas começaram a ganhar formas feitas pelo homem.

 Há 3 mil anos a.C., com a descoberta do metal, surgem os primeiros protótipos de panelas mais resistentes e duráveis, os caldeirões. No século XVII os artesãos passaram a fazer peças menores em ferro, cobre e aço. Surgiram as frigideiras, chaleiras  e panelas com diferentes tamanhos.

         Nos séculos XIX e XX, a metalurgia teve grande aprimoramento e, desde o uso do aço inoxidável e do alumínio, foi possível a produção em escala industrial. Nas últimas décadas, os fabricantes investiram em produtos antiaderentes, panelas de ferro esmaltadas, novas combinações de metais e nas panelas elétricas.

Colher

Invenção: Séc. III a.C. As primeiras colheres foram galhos presos a conchas, ossos, madeiras e pedras. Eram usadas para mexer ingredientes dentro de potes e panelas. Na Idade Média passaram a ser feitas de prata e pedras preciosas. Foram também utilizadas como objetos decorativos. À mesa, sua função era muito importante, pois era o único talher que possibilitava comer alimentos líquidos como sopas e molhos.

Fonte: Villaggio
Imagem: Pinterest

Bavaroise de Frutas Vermelhas

bav com tag oficial

 Para a 2ª prova do curso da Mausi Sebess o desafio era fazer uma bavaroise de frutas vermelhas! Há muito tempo queria fazer o biscuit joconde imprimé que é a massa com efeitos de decoração. Eis então que chegou a hora!!! Foi bem trabalhoso, mas não impossível. Certamente com mais e mais prática o resultado ficará ainda melhor. Fiquei bem satisfeita com essa experiência! Vamos à receita e passo a passo?

Bavaroise de Frutas Vermelhas

 Pâte à Cigarette

 Ingredientes

 50g de claras

50g de açúcar impalpável

50g de farinha

50g de manteiga (em textura de pomada)

Corante alimentício vermelho

Modo de Preparo

 Misturar todos os ingredientes na batedeira. Adicionar o corante alimentício conforme o gosto.

 Em uma forma metálica forrada com um tapete de silicone colocar a massa até a metade. Com um acessório com dentes (tipo um pente) puxar a massa até a outra metade, criando desenhos. Pode-se colocar essa massa em um cone de papel manteiga ou saco de confeitar e criar os próprios detalhes. Levar ao freezer para que endureça.

Biscuit Joconde de Amêndoas

 Ingredientes

 100g de amêndoas moídas

100g de açúcar impalpável

70g de gemas

55g de ovos

180g de claras

70g de açúcar cristal

70g de farinha

Modo de Preparo

 Na batedeira misturar os ovos, as gemas e as amêndoas moídas. Bater até atingir uma textura cremosa uniforme.

 Bater as claras em neve com um pouco de açúcar. Continuar batendo e incorporar o açúcar restante aos poucos.

 Peneirar a farinha sobre a mistura de ovos e misturar com a espátula. Incorporar as claras em neve de forma envolvente.

 Retirar a forma de pâte à cigarrete do freezer. Colocar a massa de biscuit joconde por cima delicadamente, de forma uniforme.

 Levar  ao forno pré- aquecido de 180º a 200ºC de 10 a 12 minutos ou até que a superfície não esteja mais “grudenta” ao toque.

 Após assado, retirar rapidamente a massa do tapete de silicone. Reservar!

Bavaroise - Biscuit Joconde

Bavaroise - Biscuit Joconde

 Creme Inglês

 Ingredientes

1L de leite

200g de açúcar

10 gemas

1 fava de baunilha (opcional)

 Modo de Preparo

 Em uma panela colocar o leite com metade do açúcar e levar para ferver.

 Bater as gemas levemente. Adicionar metade do açúcar restante em duas partes. Bater para branquear. Colocar a metade do leite fervido sobre as gemas batidas. Misturar rapidamente e verter sobre a panela com o leite restante.

 Mexer fazendo o movimento de “oito” em fogo baixo até que alcance os 85ºC. É importante que o leite não entre em fervura!

 Quando a mistura alcançar o ponto napê* passar a preparação por uma peneira em um recipiente que esteja em contato com água gelada (banho maria invertido). Mexer de vez em quando até que se esfrie por completo!

* Para saber quando um creme está no ponto correto, mergulha-se uma colher e passa-se o dedo nas costas dessa colher, se formar um caminho e o creme não escorrer, significa que está no ponto napê.

Bavaroise de Frutas

Ingredientes

250mL de creme inglês

10g de gelatina sem sabor

200g de creme de leite

125g de polpa de frutas vermelhas (utilizei apenas o morango)

Modo de Preparo

Adicionar a polpa de frutas ao creme inglês. Adicionar a gelatina sem sabor dissolvida em um pouco de água.

Bater o creme de leite em ponto de chantilly mole. Agregar à primeira mistura!

 

Montagem

 Cortar 2 discos da massa de biscuit joconde.

 Cortar tiras de massa para a lateral. Para isso medir a altura (utilizar a medida de ¾ dessa altura) e a circunferência do aro.

 Colocar um disco de isopor ou de papelão para a base que iniciará a montagem da torta. Forrar a borda do aro com fita de acetato. A seguir colcocar a(s) tira(s) de massa de biscuit joconde na lateral do aro e um disco da massa no fundo. Adicionar metade do creme da bavaroise de frutas até a metade da altura do aro e a seguir outro disco de massa. Terminar enchendo com a bavaroise até a borda do aro. Levar ao freezer.

Bavaroise - Biscuit Joconde

Decoração:

 Passar um pouco de glucose sobre um tapete de silicone com a ajuda de uma colher. Levar ao forno a 180ºC por 4 ou 5 minutos, até que fique com cor dourada. Retirar do forno e deixar esfriar por completo.

 Decorar utilizando a telha de glucose, peças de chocolate e frutas!

6x~2

5x~2~2

7x~2

8x

9x~2

10x~2

 

Musse Tricolor

3

 Não vou mentir! Essa é uma musse trabalhosinha… na verdade, diria que é uma daquelas receitas que excercitam a paciência. Mas o resultado é tão lindo, tão chique, tão glamouroso que compensa todo o esforço 🙂

 Vamos aos detalhes:

Musse de Chocolate

Ingredientes

  • 500 g de chocolate meio amargo
  • 100 g de manteiga
  • 6 ovos (separos em claras e gemas)
  • 150 g de açúcar  peneirado
  • 200 g de creme de leite

Modo de preparo

  • Bata as claras em neve e reserve
  • Bata as gemas com o açúcar e reserve essa gemada
  • Derreta o chocolate com a manteiga , adicione o creme de leite e após a gemada
  • Por último acrescente as claras em neve

  Comece a montagem!!!

 Para dar o efeito de camada em diagonal apoiar o recipiente em um suporte. No exemplo da foto coloquei a taça apoiada em um vidro, contando com a ajuda também de algumas folhas amassadas de papel toalha. Para copinhos menores a ideia é a mesma: levar para a geladeira utilizando suportes para apoiar no formato que queremos!

 19

  Espere a primeira camada firmar na geladeira para só então depois fazer a musse branca!

Musse Branca

Ingredientes:

  • 600 g de chocolate branco
  • 5 ovos (separados em claras e gemas)
  • 60 g de açúcar
  • 2 colheres de sopa de conhaque
  • 250 g de creme de leite sem soro

Modo de preparo:

  • Bata as claras em neve e reserve
  • Bata as gemas com o açúcar e reserve essa gemada
  • Derreta o chocolate, adicione o creme de leite e após o conhaque
  • Acrescente a gemada e por fim as claras em neve

 Nessa etapa a musse de chocolate já estará firme e então é possível deixar os recipientes todos de pé e então adicionar a camada de musse branca. Caso queira um efeito de camada em diagonal também na musse branca é só apoiar no formato desejado como descrito mais acima!

 Levar à geladeira e aguardar firmar para então adicionar a última camada.

Musse de Amora (mas pode ser de morango ou outra fruta vermelha)

Ingredientes

  • 1 caixa de amoras frescas e bem lavadas
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de creme de leite
  • 1 caixinha de gelatina de amora (ou da fruta vermelha que for escolhida)

Modo de Preparo

  • Bata primeiro somente as amoras frescas no liquidificador
  • Acrescente o leite condensado e o creme de leite e bata mais um pouco
  • Prepare a gelatina conforme instruções da caixinha (utilize apenas metade da água indicada) e acrescente
  • Bata todos os ingredientes juntos até dar consistência uniforme

 Coloque essa musse por cima da camada branca e leve à geladeira. Espere firmar bem para decorar com chantilly, frutas, flores, chocolate e o que mais a criatividade lhe permitir, rsrs…

 A musse de amora fica mais amarguinha, ideal para quem gosta de quebrar um pouco o doce da sobremesa. Utilizando morango fica perfeita para um paladar mais “formiga”. Uma delícia!

 Na versão copinhos:

6

Na versão taçona 😍 😍 😍:

11

Mais perto:

15-2

… e mais perto:

17

😘 😘 😘

Batalha dos Confeiteiros

Batalha dos Confeiteiros

Depois de alguns meses de espera estréia hoje na Record, às 22h15, Batalha dos Confeiteiros.

Sob o comando de Buddy Valastro, o Cake Boss, 14 competidores disputarão a oportunidade de comandar a primeira filial brasileira da já consagrada confeitaria do chef norte-americano.

O programa, gravado em julho desse ano, será dividido em duas provas, com a primeira sendo um desafio proposto pelo Cake Boss, e a segunda uma prova de eliminação, similar a outros realitys gastronômicos.

Para quem perder o programa na Record fica a opção de assistir nas terça-feiras, às 19h30, no canal Home & Health.

Créditos da Imagem: Discovery Home & Health