Que Seja Doce, o Livro

Que seja doce

 Vou ter que usar aquele super clichê… “acaba de sair do forno”, rsrs, o livro do programa Que seja doce do GNT. Recheado de delícias e muitas informações certamente irá encantar quem é fã ou quem é curioso dos segredos de confeitaria.

  Este é o verso do livro… nham… 🙂

que seja doce

  E aqui aquela famosa “orelinha”…

Orelha

 O livro conta também com receitas do apresentador Felipe Bronze e dos jurados Roberto Strongoli, Carole Crema e Lucas Corazza.

chefs

 E é claro que as criações dos talentosos participantes estão todas ali, tintim por tintim (ahahh, essa é velha, né?)

doce

   Antes da doçura de sua autoria é passada uma breve biografia do participante… aqui o exemplo da chef Karina Migliorini (quem conhece a professora da Escola de Confeitaria Diego Lozano? Eu conheço! Adoro 🙂 )

Karina

Essa é a verrine de musse de coco com avelã, criação de Bianca Pansani Porteiro!

doce

 E esse é o bolo de limão siciliano e lavanda da Mari Corali!

bolo

 Acho que valeu muito a pena o investimento. Só que fiquei com uma raivinha pois na loja física (Saraiva) comprei por R$68 e no site está R$54,40… mesmo com o frete sai mais em conta 😉

Informação: este não é um publipost

Balas de Coco Gourmet (não necessita ir ao fogo)

Balas de Coco

Essa é a minha versão da bala de coco gourmet que anda fazendo tanto sucesso nas mesas de doces por todo o Brasil! Cheguei a este resultado após algumas tentativas, afinal nunca encontrei esta receita e o passo a passo simplesmente dando um “google”, rsrs… Sei que existem versões em que é necessário primeiramente fazer a bala no método tradicional (aquele em que se leva a calda ao fogo e que exige bastante malhação depois para puxá-la)… Existem também cursos muito bem pagos que ensinam os segredinhos.

Enfim, deixo aqui com vocês a minha versão “facilitada”, porém não menos saborosa 🙂

Ingredientes

* 1 garrafinha de de leite de coco (200 ml) – (nada do light, viu? é do gordo mesmo, rsrs)

* 11 xícaras (usando medidor de xícara) de açúcar impalpável

* 1 xícara de amido de milho (opcional)

Misturar todos os ingredientes até chegar ao ponto de modelar! Se ficar seca colocar mais um pouco de leite de coco. Se ficar úmida colocar mais açúcar impalpável!

Aqui (em Porto Alegre) estava muito úmido no dia que fiz da primeira vez… com essas medidas ficou num ponto bom! Recentemente fiz novamente e não adicionei a xícara de amido de milho e ficou bom também!

Detalhe: essa receita acredito que renda umas 300 unidades, dependendo do tamanho das balas… rende muito, então, se necessário, faça a metade!

Depois é pegar uma porção e abrir na mesa com o rolo de massa… usei o açúcar impalpável para não grudar, mas pode-se abrir a massa protegendo com um plástico também! Depois corte um pouco as bordas (formando um retângulo), apenas para emparelhar. No centro coloque o brigadeiro como se fosse uma “cobrinha”… feche a massa por cima, de forma que ela dê apenas 1 volta! Depois é passar a mão levemente nesse rolinho para deixar na espessura desejada.

Cortar em diversos pedacinhos no tamanho desejado. Importante é usar uma faca boa, lisa e ir sempre limpando entre um corte e outro num pano ou papel toalha para não deixar marcas do recheio. Num recipiente colocar coco ralado fino… Passar os pedacinhos pelo coco ralado fino.

Pegar cada pedacinho e dar um formato mais arredondado (colocar o pedaço de pé e dar uma achatadinha, dando a aparência como o da foto).

Pronto!!!!

  • Ah, é normal precisar lavar a mão várias e várias vezes! E na hora de colocar o brigadeiro é bom untar as mãos com manteiga/ margarina.
  • O ponto de brigadeiro é um pouco mais mole do que aquele de enrolar!
  • É bom deixar as balinhas algumas horas expostas ao ar para que sequem um pouco

Receita de um excelente brigadeiro gourmet 😀 😀 😀

Ingredientes

395 g de leite condensado

150 g de creme de leite (caixinha)

15 g de achocolatado

100 g de chocolate meio amargo (barra)

Modo de Preparo

Leve ao fogo o leite condensado, o achocolatado e o creme de leite misturados. Procure mexer com um fouet (batedor) em vez de uma colher. Isso dará mais cremosidade 😉 Assim que a mistura estiver aquecida adicionar o chocolate em barra em pedaços. Nunca pare de mexer! O brigadeiro estará pronto após aparecerem borbulhas grandes e, ao inclinar a panela, se observar o fundo. Diferente do brigadeiro tradicional o ponto do gourmet não é aquele em que a massa se desgruda totalmente da panela! Transferir a massa da panela para um recipiente. Cubrir com plástico filme e levar à geladeira. Utilizar após umas 4 horas de descanso… ou no dia seguinte. Delícia!!!

Sirha Rio 2015

Sirha 2015

Teve início nessa quarta-feira, 14 de outubro, o encontro internacional dos grandes chefs e da indústria de Gastronomia e Hotelaria – Sirha.

O evento, que ocorre de 14 a 16 de outubro, das 10h às 19h no Centro de Convenções SulAmérica no Rio de Janeiro traz ao público diversos estandes de empresas relacionadas à área e uma programação variada. Durante o período acontecem com destaque a Coupe du Monde de la Pâtisserie Brasil (competição de confeitaria) e o Bocuse d’Or (competição de Gastronomia).

Vale a pena conferir as novidades, espiar as obras dos chefs nas competições e ainda participar de workshops.

O evento é gratuito e voltado apenas a estudantes e profissionais de Gastronomia.

Sirha 2015

Agradecimento pelas fotos: Diogo Pereira Fotografia